O nascimento do novo Ser Humano - Aruna sintonizado por Ana Rita Pedrosa

27-01-2011 18:32

 O nascimento do novo ser humano


 Mensagem de Aruna sintonizada por Ana Rita Pedrosa em 22.07.201

Saudações! Prometi-vos falar de algo na ultima mensagem, mas antes de abordarmos esse assunto existe algo importante a ser transmitido.
Nas nossas cidades intra-oceânicas estamos a trabalhar em algo novo. Vou tentar explicar de modo figurado para ser de mais fácil compreensão para vós. Aquilo que está a ser “criado” é um novo ser humano. Novo porque? Novo porque é diferente de tudo o que o que até aqui conheçem e entendem como ser humano. E mais vos digo, que esse novo que está para nascer, não é mais do que uma representação de cada um de vós. È verdade, meus caros, o novo ser humano já está a ser desenvolvido, e como? Perguntam vocês? Através de cada um de vós, cada um de vós está a contribuir para este novo ser.
Todos ouvem falar de ascensão da terra, do momento em que tudo ficará diferente na terra, assim como a conheçem. E até aqui sempre vos falámos de um futuro próximo, algo que está para vir. Pois eu vos digo, meus caros, que a hora é agora! Esse futuro é precisamente aqui e agora! Esse futuro não trará as mudanças que vocês esperam ver na vossa vida porque elas já estão a ocorrer! E por isso vos pedimos que não continuem mais á espera de algo que está para chegar, não esperem mais ver a vossa vida a mudar, a vida dos outros, os vossos trabalahos, os vossos relacionamentos. È chegada a hora de serem vocês mesmos responsáveis por essas mudanças! Vocês têm esse poder! Para que entendam melhor isto peço-vos que reflitam nos seguintes tópicos:
·         Quantas vezes se permitem simplesmente respirar o ar que alimenta o vosso corpo?

·         E se dão ao prazer de simplesmente estarem convosco mesmos?

·         Quantas vezes param para se escutarem a vós memos?

·         Quando param a olhar o céu que vos acolhe e protege?

·         Quando é que olham realmente para vós mesmos? E se apreciam?

·         Quantas vezes realmente sentem aquilo que tocam?

·         Quantas vezes realmente comunicam com o outro? E realmente o sentem?

·         Em que situações conseguem verdadeiramente sentir compaixão por tudo o que vos rodeia?

·         Quantas vezes se permitem encher-se de gratidão por tudo o que vos chega?

·         Quantas vezes se permitem não julgar seja o que for?

·         Quantas vezes conseguem realmente perdoar os outros e a vós mesmos?

·         Quantas vezes tocam a alma e a energia de outro ser e o conseguem entender ?

·         Quando se permitem sentir, rir e chorar?

·         Quantas vezes conseguem aceitar o que vos chega de coração aberto, aceitar o outro por aquilo que é, e aceitarem a si mesmos?

·         Acima de tudo, quantas vezes se permitem ser quem são realmente? Independentemente de onde estão e com quem estão? Quantas vezes assumem a vossa verdade e se assumem a vós mesmos?

Percebem agora porque este novos ser humano está a ser criado por cada um de vós? 
Por toda a história evolutiva da terra, e do passado de muitos de vós em civilizações muito evoluidas, ascendidas, como lhe queiram chamar (Atlândida, Lemuria, …) em que tinham ou podiam fazer uso, tinham disponiveis capacidades de manisfetação do espirito que agora não têm, e que fizeram mal uso delas. Por tudo isto que se passou num passado não tão distante como pensam, por tudo isto, é agora necessário plantar as sementes da ascensão, e essas sementes, que não são mais do tudo aquilo que enumerei acima, é que permitem o germinar de um novo ser, um ser consciente de si e dos outros e do universo. E com todas estas sementes, os atribuidos esprituais que tão ansiosamente esperam virão naturalmente. Como podem querer construir um castelo, sem terem as bases da sua estrutura? As bases não são mais do que estas sementes, do que estes atributos que fazem parte naturalmente da vossa essência, que fazem parte de vós, que são a água que cada um é. Estes atribuitos não são mais do que Amor. Serem Amor, é serem capazes de manifestar em todos os momentos da vossa existência tudo aquilo que foi referido, é serem quem são, é serem a água que são!
Podem vocês perguntar, mas então que tem tudo isto a ver com as alterações do DNA que falam? Que têm tudo isto a ver com a vossa actuação na terra?
Eu vos respondo, que à medida que mais e mais pessoas fazem estas pequenas grandes mudanças em si mesmas, permitem que nós Sirianos, tenhamos um nível de actuação mais marcada na terra. Pensem nisto como se fosse um circuito circular que se auto alimenta, em que uma coisa alimenta a outra. Estas alterações no DNA que estamos a efectuar em cada um de vós, são feitas exactamente porque cada um se permite a isso, se abre a estas pequenas grandes mudanças, e isso como eu já referi permite-vos automaticamente aceder a capacidades do espirito até então não materializadas. E permite-nos a nós facilitar as alterações no vosso DNA, permite-nos ajustar a nucleo de cada uma das vossas células, para que possa receber cada vez mais e mais informação (códigos) que são vossos e que estão à vossa espera na gruta da criação. Estas alterações no DNA, permite que cada nucleo de cada célula vibre de forma diferente e com isso altere a frequência da água do vosso corpo, tornando-a cada vez mais próxima da vossa frequência original, da frequência que vos distingue, que vos torna unicos.
O grande objectivo na terra é a materialização na 5D e 7D de dimensões  de realidade que nós proprios sirianos vivemos, de dimensões de Amor. Se não porque razão siruis é o vosso sol central? E porque razão teriamos tantos enviados a trabalhar convosco na terra? Poderão já ter ouvido falar de algumas datas importantes que representam marcos previstos para assinalar mudanças nos níveis da nossa actuação na atmosfera e crosta terreste.
A terra é um grande projecto de evolução. E o novo ser humano que está a nascer traz consigo uma nova realidade, mas muito mais antiga do que qualquer outra vivenciada por vós aqui na terra.
Bem hajam e sejam a mudança no vosso interior, sejam a mudança na água do vosso corpo, sejam a essência. A hora de acreditar já passou, agora a hora é de SER! SEJAM, SEJAM, SEJAM! Sejam a água que são!

—————

Voltar